Acompanhando os Custos de Seus Investimentos


Acompanhar os custos dos seus investimentos é uma tarefa extremamente importante. Caso não fique atento, eles podem corroer os rendimentos e atrapalhar o seu planejamento financeiro. Os principais custos se dividem em 2 grupos: taxas e impostos. As taxas estão relacionadas a despesas necessárias para viabilizar o investimento. Já os impostos são cobrados pelo governo e definidos em lei.

Em relação às taxas, as principais são: taxa de administração, cobrada em fundos de investimento para sua manutenção; taxa de corretagem, cobrada por corretoras para viabilizar operações com ações, ETFs, opções, etc. e; taxa de custódia, cobrada para “guardar” seus investimentos.

No tocante aos impostos, para investimentos de renda fixa como CDBs, debêntures não incentivadas e títulos públicos, a alíquota do imposto de renda é cobrada na hora do resgate e depende do prazo do investimento:

-Até 180 dias: 22,5%

-De 181 até 360 dias: 20%

-De 361 até 720 dias: 17,5%

-Acima de 720 dias: 15%

Para operações com ações e fundos de renda variável, a alíquota de IR sobre o ganho de capital é de 15%, sendo 20% apenas quando a compra e venda acontecem no mesmo dia. Ademais, os dividendos são isentos, assim como os ganhos de capital sobre vendas de até R$ 20.000 em um mês.

Os fundos de investimento de renda fixa de curto prazo (até 360 dias) têm cobrança de 22,5% até 180 dias e 20% a partir de 181 dias. Já os FIRF de longo prazo (mais de 360 dias) seguem a tabela regressiva acima. Sob ambos há a incidência do come-cotas, uma cobrança antecipada de imposto de renda que acontece no último dia útil dos meses de maio e novembro, sempre no valor da menor alíquota para aquele tipo de fundo, 15% (longo prazo) e 20% (curto prazo).

O IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) incide sobre o rendimento de aplicações como títulos públicos, CDBs e Fundos DI investidas por menos de 30 dias. A alíquota segue uma regra regressiva, indo de 96% para resgates 1 dia após a aplicação até 0% para resgates 30 dias após a aplicação.


A Capital Plan Investimentos – CNPJ 31.846.936/0001-61 é uma instituição habilitada e autorizada pela CVM - Comissão de Valores Mobiliários para o exercício da atividade de gestão de recursos de terceiros.